domingo, 5 de março de 2006

Das funções de mim mesma

Refazendo o tudo

Eu sempre digo que quem me perdeu foi tu
Mas eu que me perdi em mim mesma...
Clichê, piegas, mas perdida e meia!

Um comentário:

V.P. Siegmann disse...

Ora! Nem tudo está perfido!