terça-feira, 6 de janeiro de 2009

e o pai?

uma amiga minha está grávida. há alguma coisa errada com isso? eu não acho nenhum problema. mas as pessoas INSISTEM em perguntar: "e o pai?"

quando ela conta que está esperando um bebê (sim, algo mágico como um bebê!), a primeira coisa que perguntam é sobre o pai.

pensando nisso, fiz uma lista de possível respostas para esses momentos.

- E o pai?
- Tá na Alfa-Centauro, à esquerda.


- E o pai?
- O meu tá muito bem... E o teu?


- E o pai?
- Me esqueci de anotar o celular dele...


- E o pai?
- No exato momento, ele é apenas seis dígitos na minha conta bancária!


- E o pai?
- É a cara do Mick Jagger quando jovem!


- E o pai?
- É a cara do Mick Jagger quando velho!


- E o pai?
- Quem? O trouxa que pensa que o filho é dele?


- E o pai?
- Ronaldinho Gaúcho. Afinal, alguém tem que pensar no futuro dessa criança!


- E o pai?
- Ó pai ó!


- E o pai?
- Afasta de mim esse cálice!


- E o pai?
- Não sei! Acordei um dia com a meia claça rasgada e...


- E o pai?
- Depois que eu ver a cara do bebê, te conto!


- E o pai?
- Defina o conceito de pai.


- E o pai?
- Segundo Freud, a libido é voltada para o próprio ego, ou seja, a criança sente prazer consigo mesma. O primeiro investimento objetal da libido, segundo Freud, ocorreria no progenitor do sexo oposto, esta fase caracterizada pelo investimento libidinal em um dos progenitores se chama Complexo de èdipo. A criança percebe, então, que entre ela e a mãe (no caso de um menino) existe o pai, impedindo a comunhão por ele desejada. A criança passa então a amar a mãe e a experienciar um sentimento antagônico de amor e ódio com relação ao pai. Ela percebe então que tanto o amor vivido com a mãe como o ódio vivido com o pai são proibidos e o complexo de Édipo é então finalizado com o surgimento do superego, com a desistência da criança com relação à mãe e com a identificação do menino com o pai.


- E o pai?
- Pai é quem come ou é quem cria?


- E o pai?
- Ele é legal. Deixou 50 pila no criado-mudo e nem pediu troco.


- E o pai?
- "Meu canto de morte,
Guerreiros, ouvi:
Sou filho das selvas,
Nas selvas cresci;
Guerreiros, descendo
Da tribo tupi."


- E o pai?
- No cuzinho não vai nada????


- E o pai?
- (5 minutos de silêncio) Falou comigo?


Bom, aí tem respostas pra, pelo menos, três meses de gravidez. Podem mandar mais sugestões. Para essa e as outras duas perguntas: "Vocês tão namorando?" e "Vocês vão casar?"

5 comentários:

Aline Alberto. disse...

haha

MUITO BOM!

Rita disse...

hahahahahaha! Adoro imaginar a cara que as pessoas fariam diante das respostas, especialmente da dos 50 reais, do poema declamado aos berros e da meia-calça rasgada...

Olha só, vou adicionar sugestões de pergunta e a primeira resposta:

E a mãe?
- Pô, meu, fala qq coisa aí, mas não mete a mãe no meio!

Luiz Calcagno disse...

A da tribo e a do "cuzinho" foram as melhores! Certa você. Me peguei lembrando de já ter feito essa pergunta. Bem, aí vai:

- E o pai?
- O que tem o pai?

- E o pai?
- Morreu.

- E o pai?
- Produção idependente.

- E o pai?
- Já ouviu falar no boto?

- E o pai?
- Tá com a esposa.

Vou pensar em algo melhor e depois deixo aqui. Huaheuhauheuaheuh...

hires héglan disse...

essa do boto é ótima!

Martha disse...

agora que eu fui comentar já tinha esquecido de metade das que eu achei as melhores, mas a da meia-calça e dos 50 reais realmente estão no top 5!
e a q o moço disse de produção independente e tá com a esposa também são ótimas! hahaha
beijinhos