segunda-feira, 14 de junho de 2010

da mudança que dá medo

três meses em são paulo acampada... morando no escritório da mana, dormindo num sofá-cama...

ontem, recebi a notícia de que minha mudança está chegando para meu apartamento já alugado.

mesmo que o emprego já estivesse aqui e eu nem por um momento tenha pensado em voltar, acabei de cortar o último laço. ou seja, meu lar, definitivamente, agora é são paulo.

já me acostumei a pegar o pompeia às 7h40 descer na consolação entrar no elevador subir no 13eiro andar encontrar meus colegas felizes descer quando dar pra almoçar subir uma hora depois sair quando termina o trabalho (seja às 17h30, horário normal, ou 7h30 da manhã do dia seguinte) voltar pra casa e esquecer a redenção.

e agora eu tenho um canto só meu. aqui. onde eu estou reaprendendo a me encontrar e a me perder. onde eu aprendi que existe uma parada mais perto do trabalho do que a que eu descia até a semana passada.

e restam as lembranças...

4 comentários:

Tomaz R. disse...

Tu que já foi punk e Balada do Louco em Brasília;
que já foi Maria Bethânia e Rock'n'Roll Suicide em POA

quer pagar de Sampa e Paulicéia Desvairada por aí...

deve ser o normal de quem se faz em letras e poemas

Saudades putas

hires héglan disse...

ai, ai... sempre tu, né?
saudades prostitutas de quem nunca vai ter amigos que substituam aquele que acendem um cigarro comig tão bem quanto tu...

Duana Segatti disse...

Amiga.....
calma.. vai dar td certo...
estamos aqui.....
vc ja tem amigos aqui em Sampa...
saudadesss
bjinhusssss

Martha disse...

ai adoro teus posts, sempre!