segunda-feira, 20 de abril de 2009

por estar só...

saio da casa de uma das amigas que mais amo e adoro, depois de horas curtindo seu filho lindo. passo no teatro da hebraica, escuto capoeiristas jogando. pego ônibus na parada ali na frente. sento no banco vazio. na frente de um casal que tinha o seguinte diálogo:

ele - avisou tua mãe que ia dormir fora hoje?
ela - ainda não.
ele - então, liga!
ela - mas eu não vou ligar!
ele - então manda a mensagem agora que eu quero ver!
ela - mando depois...
ele - não! manda agora... tu não fica me mandando fazer o que tu quer na hora que tu quer? então, manda a mensagem agora porque eu quero.
ela - hum...
ele - escrevo pra ti então
ela - (silêncio)
ele - dá que eu escrevo!!!
ela - (entrega o celular)
ele - .... (digitando mensagem)
ela - o que tu tá escrevendo? tu vai queimar o filme com a mãe... que tu tá escrevendo?
ele - eu vou te mostrar antes. te acalma!
ela - o que tu tá escrevendo? tu vai queimar o filme com a mãe... que tu tá escrevendo?
ele - "posá" é com z ou s?
ela - o que tu tá escrevendo? tu vai queimar o filme com a mãe... que tu tá escrevendo? (aos berros dessa vez)
ele - vou colocar com s.
ela - me escuta!
ele - te acalma! pronto ó.

(...)

eu desci do ônibus nessa hora.
fui pra casa pensando:

por que as pessoas se metem em relacionamentos completamente paranóicos onde até uma mensagem para a mãe vira motivo para se jogar na cara coisas ou para brigar? deus, as pessoas gostam mais de sofrer em conjunto do que serem feliz em conjunto...

3 comentários:

Diego SkyTigger disse...

Sofrer junto é foda!! Mas acho que a verdade é que as pessoas tem medo de ficarem sozinhas, por isso quando solteiras saem a bangu, para ver gente, se relacionar, e acompanhadas tem tanta insegurança.

Dany Darko disse...

Pior ainda é namorar um cara que te pergunta se "'posá' é com z ou s".
Pelamor de Jesus Luz!

Aline Alberto. disse...

ah, o que menos se vê é gente sendo feliz em conjunto, como tu disse.

esses tempos cheguei a conclusão que as pessoas encontram brigas e defeitos nos seus relacionamentos pra simplesmente terem algo pra passar o tempo. seilá, não entendo como conseguem. eu não conseguiria viver um relacionamento assim...