sábado, 21 de março de 2009

na fissura (ou a epopéia da mão quase quebrada)

era uma manhã de quinta-feira qualquer. na verdade, não era: estava indo substituir uma colega no primeiro período, dar aula de filosofia da linguagem. acordei às 6h30 como de costume, escovei os dentes, vesti a roupa, tomei meu chamyto matinal... tudo ia muito bem, obrigada!

eis que tinha um rato em meu caminho. explico: meu gato chamado vaca ganhou um rato chamado rato de presente. o rato é amarelo neon com olhos rosa neon. não compreendo como não vi o rato, mas... tropecei! pra não cair de cara no chão, de alguma forma girei no ar. ao cair de bunda, apoiei todo meu peso na minha mão direita.

com a mão muito dolorida (entre outras partes do corpo), fui trabalhar. expliquei pros alunos da 92 que não conseguiria escrever no quadro e fui totalmente compreendida. com os outros alunos da 101 também. e me mandei de tarde pra ser nomeada em gravataí.

não, eu não fui ao médico, apesar da dor.

como não usei a mão, estava tudo bem... sem dor! sexta-feira, então, fui dar aula... escrevi feito uma louca no quadro, corrigi trabalho, escrevi no caderno de chamada. cheguei em casa chorando!

foi aí que decidi ir ao médico.

prevendo uma possível imobilização, lavei toda a louça morrendo de dor, dobrei toda a roupa e tomei banho. cheguei no médico às 14h.

14h15 estava sendo atendida:

pegaeapertaobraçoquedói
pegaepõenaposiçãonoraioxobraçoquedói
pegaeapertamaisumpoucoobraçoquedói
pegaeimobilizaobraçoquedói
receitaremédiosprobraçoquedói

saí do hospital chorando!

resultado: fissurei um osso da mão e machuquei o punho. até terça imobilizada até tirarem uma nova radiografia e, provavelmente, colocarão uma nova tala gessada. na mão direita não tem uma roseira... tem a imobilização.

e imaginem morar sozinha, digo, com um gato sem poder mexer uma das mãos? hoje, não vou nem almoçar!

(o post acima foi escrito com uma mão só)


6 comentários:

casa da poesia disse...

amo el canto de zenzontle
pájaro de cuatrocientas voces...!?...salut!

Diego SkyTigger disse...

Quer uma mãozinha?! o/

Luiz Calcagno disse...

Melhoras pra sua mão. Como vão as coisas aí? beijo

Miss Brightside disse...

bem coisa de hires ^^'

Dany Darko disse...

Mas bota esse gato preguiçoso pra trabalhar! É pra isso que a gente tem bicho de estimação em casa. (Como eu não tenho gato, utilizo o namorado para esses fins...)
Boa sorte na recuperação!

Cafifo Ribeiro disse...

eu tb faço essas coisas-de-hires vezemquando!