terça-feira, 2 de maio de 2006

às vezes o cheiro me lembra o pescoço

às vezes é só um cheiro aí

que entra no nariz sem fazer estrago

2 comentários:

Escritora disse...

Sorte a sua, morena...todo cheiro entra no nariz, arrasa os pulmões e se aloja no coração, fazendo um estrago daqueles...

Hires Héglan disse...

é só não ligar o cheiro à pessoa