segunda-feira, 8 de maio de 2006

quase como que por instinto, durante o raio x, quase que perguntei: e dá pra ver o que tem lá no meio? bem no meio da gente, onde, às vezes, até a gente tem dúvida?

e imaginei a moça respondendo que não... atravessar os sentimentos o raio ainda não atravessava, mas dava pra tentar morrer mais cedo tendo ele e eles como causa...

Um comentário:

Escritora disse...

Nossa, morena...
Lindo...incrivelmente triste e lindo...como a maioria das poesias...
=*****